Cirurgia para palato mole alongado (estafilectomia)
LEON-ROMAN, M.A. (2013)

Todos os cães braquicefálicos tem o palato mole alongado. Porém, em uma parcela deles, este alongamento causa mal estar e diminui a qualidade de vida, promovendo ronco, falta de ar e desmaios.


Predisposição


O alongamento do palato mole pode ocorrer em qualquer raça, sendo mais comum em cães braquicefálicos (Bulldog Inglês, Bulldog Francês, Pug, Boston Terrier, Boxer). É uma síndrome freqüente, mas pouco diagnosticada na clínica médica veterinária.

Os animais acometidos podem apresentar concomitante às anormalidades do palato, estenose das narinas e eversão de sáculos laríngeos compreendendo a Síndrome Braquicefálica, além de aumento de tonsilas, edema na mucosa faríngea, hipoplasia traqueal e vários graus de colapso laríngeo, contribuindo para a gravidade do desconforto respiratório. O prolongamento aumenta a pressão negativa na nasofaringe e laringe, causando progressivo aumento desta porção do palato mole.


Sinais Clínicos

Entre os sinais clínicos mais comuns, incluem-se o engasgar facilmente, vômitos, dificuldade de deglutição, ruídos respiratórios, baixa tolerância ao exercício e, ocasionalmente, falta de ar, dependendo do grau de estenose da faringe. Casos severos podem incluir desmaios com ou sem cianose, além de efeitos de outras anormalidades da estrutura nasofaríngea.

Por se tratar de um problema congênito, os sinais descritos tendem a se manifestar no animal ainda jovem, embora nem sempre percebidos pelo proprietário.

Os sinais acentuam-se principalmente durante o estresse, cansaço, no aumento da atividade física e em temperaturas elevadas.

A entrada da porção alongada do palato mole na laringe, durante a inspiração, interfere no movimento de passagem do ar para a traquéia. Quando a estenose de vias aéreas é um problema concomitante, além da língua ser proporcionalmente grande para a raça, a severidade da dispnéia aumenta, porque a resistência do ar causada por este estreitamento, associada ao alongamento do palato, faz diminuir a passagem de ar.

O movimento excessivo do palato mole na inspiração contribui para o processo inflamatório e edema locais, algumas vezes observado durante exame da laringe.


Diagnóstico

O diagnóstico é realizado através de exame físico, observando-se a relação entre o palato mole e o espaço existente na faringe, através de laringoscópio ou endoscopia. O palato mole deve apenas tocar a extremidade da epiglote ou se estender até a porção caudal ou média da tonsila, evidenciando a laringe. Entretanto, esta relação pode ser modificada quando não houver um correto posicionamento da cabeça e do pescoço, bem como da mandíbula.

Através de radiografia, é possível visualizar o alongamento de palato mole apenas quando ele está edemaciado, sendo um exame raramente requisitado para o diagnóstico.

Tratamento

A correção é realizada mediante procedimento cirúrgico. No DENTISTAVET, é oferecido a cirurgia de Estafilectomia, com excelentes resultados e melhoria na qualidade de vida dos pacientes que sofrem desta afecção.


Raças braquicefálicas são aquelas que apresentam o focinho mais curto, como o Pug, Bulldog Inglês e Bulldog Francês, Boston Terrier, entre outros, e são os que mais sofrem com a Sindrome do Braquicefálico.


Esquema de paciente braquicefálico, com palato mole alongado. Em a - palato mole (até seu limíte ideal); b - epiglote; c - palato mole alongado, ultrapassando o limíte ideal (imposto pela epiglote).

Cirurgia de Palato Mole Alongado (Estafilectomia).


Ofereça qualidade de vida para seu amigão, procurando profissionais experiêntes para a Cirugia de Correção do Palato Mole Alongado.

Tratando-se de cirurgias complexas, procure sempre profissionais com experiência comprovada !

MV, Esp, PhD, Marco Antonio Leon
Médico Veterinário formado pela FMVZ/USP
Doutor (Stricto sensu) em Cirurgia pela FMVZ/USP
Especializado (Lato Sensu) em Odontoveterinária pela Anhembi/Morumbi
Professor do Curso de Especialização em Odontologia Veterinária da USP
 
Todos nossos artigos não podem ser usados, copiádos ou adaptados, parcial ou total, em outros websites sem a autorização prévia do autor. Tampouco podem ser adaptados ou alterados, para não figurar plágio. Direitos autorais: Leon-Roman, M.A.
   

(11) 2894-2472

Horário de atendimento:
Das 10h00 às 19h00
exclusivamente com hora marcada

Rua Diogo de Faria 1368
Vila Clementino (Vila Mariana)
São Paulo - SP - BRASIL



Para seu Pet

- Vídeos Informativos

- Tornando a escovação agradável

- Escolhendo a escova e pasta

- O que é um Dentista Veterinário ?