Persistência de dentes-de-leite em cães e gatos
LEON-ROMAN, M.A. (2010)


Filhotes podem apresentar persistência dos dentes-de-leite. Entenda a causa disto e os motivos pelos quais você deve procurar ajuda.

A persistência de dentes-de-leite (dentes decíduos) é muito comum em filhotes de raças pequenas ou mini. É importante conhecer o motivo para poder decidir a hora certa de extrair o dente decíduo. Quando não extraído, esta persistência leva à outras afecções orais.

Causa

Os dentes decíduos são os primeiros dentes formados nos cães e gatos. Em seguida, formam-se os dentes permanentes, logo abaixo dos decíduos. O desenvolvimento do dente permanente leva à reabsorção da raiz do dente decíduo. Quando este perde sua raiz, perde o suporte e esfolia ('cai').

Em cães de pequeno porte, os botões dos dentes permanentes estão levemente deslocados de sua posição ideal. Ao estar fora de posição, mesmo com seu desenvolvimento, o dente permanente não chega a induzir a lise da raiz do dente decíduo. Como o dente-de-leite mantém sua raiz, ele não 'cai'.

Conseqüências

Existe uma regra na odontologia (humana e veterinária): "Dois dentes não podem ocupar o mesmo espaço". Isto, porque o normal é que o dente permanente induza a perda do dente decíduo.

Quando ocorre a persistência do dente decíduo, os dois dentes (permanente e decíduo) ficam apinhados, favorecendo o acúmulo de placa bacteriana, gengivite e formação de tártaro prematuro.

Em pacientes que apresentam persistência do dente decíduo por muitos anos, acabam por desenvolver Doença Periodontal, perdendo ambos os dentes por contaminação do suporte ósseo.

Além disso, a presença de dentes-de-leite também levam à problemas ortodônticos, uma vez que o dente permanente não 'encontra' seu lugar adequado.

Devo esperar quanto tempo para extrair o Dente-de-leite ?

É um mito esperar os 9 a 10 meses, pois se já houve persistência do dente decíduo, é porque o permanente está deslocado de sua posição ideal. Logo, a chance do dente-de-leite 'cair' sozinho é mínima.

Ao visualizar a 'ponta' (cúspide) do dente permanente, durante sua erupção, é aconselhado remover o dente-de-leite.

Quanto mais tempo ocorre da persistência, mais compacto fica o osso ao redor dos dentes, dificultando sua extração pelo método simples (alavancagem). Em pacientes acima de um ano e meio, normalmente a extração é realizada pelo método complicado (retalho de gengiva e alveolectomia).

Quais as vantagens de realizar a extração em especialista ?

As raízes dos dentes-de-leite são compridas. Em geral, apresentam 3x o tamanho da coroa clínica. Além disso, são muito delgadas e delicadas, além de curvas.

Logo, sua extração deve ser precedida de uma radiografia intra-oral, para avaliação da posição destas raízes.

É ideal que o dente seja extraído sem fratura da raiz, uma vez que esta fratura pode acarretar problemas como fístula, abscesso e até contaminação do dente permanente.


Erupção correta: o dente permanente (DP), durante a erupção, promove a reabsorção radicular (risólize) do dente decíduo (DD).
 


Erupção incorreta: o dente permanente (DP) está deslocado. Durante a erupção, não promove a reabsorção radicular (risólize) do dente decíduo (DD).


No destaque, retenção de canino superior e inferior decíduos (de leite). Note o início de acúmulo de sujidade entre os dentes permanente e decíduo.
Durante extração, o profissional deve saber que o dente decíduo é frágil e passivel de fratura durante o procedimento. Por isso, recomenda-se buscar um especialista
Se você ama seu pet, procure sempre profissionais experiêntes !

MV, Esp, PhD, Marco Antonio Leon
Médico Veterinário formado pela FMVZ/USP
Doutor (Stricto sensu) em Cirurgia pela FMVZ/USP
Especializado (Lato Sensu) em Odontoveterinária pela Anhembi/Morumbi
Professor do Curso de Especialização em Odontologia Veterinária da USP
 
Todos nossos artigos não podem ser usados, copiádos ou adaptados, parcial ou total, em outros websites sem a autorização prévia do autor. Tampouco podem ser adaptados ou alterados, para não figurar plágio. Direitos autorais: Leon-Roman, M.A.
   

(11) 2894-2472

Horário de atendimento:
Das 10h00 às 19h00
exclusivamente com hora marcada

Rua Diogo de Faria 1368
Vila Clementino (Vila Mariana)
São Paulo - SP - BRASIL



Para seu Pet

- Vídeos Informativos

- Tornando a escovação agradável

- Escolhendo a escova e pasta

- O que é um Dentista Veterinário ?